Ip√ļ

Ipu √© um munic√≠pio do Cear√° e fica a 257km de Fortaleza. Inicialmente o povoado nasceu dentro das terras dadas em Sesmarias pelo estado portugu√™s a alguns colonos radicados em Pernambuco. Ligada √†s terras da Matriz de S√£o Gon√ßalo da Serra dos Cocos (hoje em Ipueiras) e √† sede da primeira Vila (Guaraciaba do Norte), a povoa√ß√£o fora constru√≠da em cima de um velho cemit√©rio ind√≠gena. A sua pra√ßa central (chamada por seus habitantes de “Pra√ßa da Igrejinha”) est√° localizada neste “√ļtero inicial” em que aquela sociedade veio a nascer ainda no s√©culo XVII. Sua cria√ß√£o data 26 de agosto Continue lendo Ip√ļ

Araripe

Araripe √© um munic√≠pio do Cear√° e fica a 527 km de Fortaleza. Possui uma √°rea de 1.347 km¬≤. A zona √© conhecida no mundo da paleontologia pela qualidade dos f√≥sseis de pterossauros, presentes nas rochas sedimentares da Chapada do Araripe. O top√īnimo “Araripe” vem do tupi-guarani ara (dia, tempo, mundo e at√© claridade), ari (o come√ßo ou o nascimento) e pe (em, lugar, onde) e significa “lugar onde come√ßa o dia”. Sua denomina√ß√£o original era “Brejo Grande” ou “Brejo Seco”. A partir de 1889, passou a ser conhecido como “Araripe”. Constam como seus primitivos colonizadores os sesmeiros Manuel Rodrigues Continue lendo Araripe

Glauber Filho

O cineasta Glauber Filho √© jornalista formado pela Universidade Federal do Cear√°. Possui p√≥s-gradua√ß√£o em Administra√ß√£o e Marketing e √© mestrando em Cultura e Artes pela UTAD – Portugal. Atua tamb√©m como professor universit√°rio em cursos de Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Audiovisual e Novas M√≠dias. Foi Presidente da TV Cear√° (Televis√£o Educativa) e faz parte da Associa√ß√£o Cearense de Cinema e V√≠deo (ACCV) e da Associa√ß√£o dos Produtores de Cinema do Norte e Nordeste (APCNN). Al√©m de “As M√£es de Chico Xavier”, sua produ√ß√£o cinematogr√°fica inclui, entre outras obras, aquela que √© considerada a primeira produ√ß√£o genuinamente cearense, “Bezerra de Continue lendo Glauber Filho

Descartes Gadelha

Descartes Gadelha nasceu no dia 18 de junho de 1943 em Fortaleza, √© um pintor, desenhista, escultor e m√ļsico. Participou de importantes mostras coletivas, destacando-se ‚ÄúA Paisagem Cearense‚ÄĚ, no MAUC/UFC (Fortaleza ‚Äď CE 1963), ‚ÄúPintores do Nordeste‚ÄĚ, no Museu do Unh√£o (Salvador ‚Äď BA, 1963), ‚ÄúLirismo Brasileiro‚ÄĚ (Tel-Aviv ,Israel, 1965), ‚ÄúO Circo‚ÄĚ, no Pa√ßo das Artes (S√£o Paulo ‚Äď SP, 1978) e ‚Äú12 Artistas de Seis Pa√≠ses Latino-Americanos‚ÄĚ, na Casa do Congresso de Angostura (Caracas ‚ÄďVenezuela,1982). Obteve pr√™mio no XIV Sal√£o Municipal de Abril (Fortaleza ‚Äď CE,1964), no I e II Sal√Ķes Nacionais de Artes Pl√°sticas do Cear√° e no Continue lendo Descartes Gadelha

Decifrando o Cearês

M√ļsica – Amor escondido

Bandeira do Estado do Cear√°

Foi criada pelo comerciante Jo√£o Tib√ļrcio Albano, filho do Bar√£o de Aratanha, substituindo a esfera celestial da bandeira republicana pelo bras√£o estadual. Todavia, foi apenas em 1922, no governo do ent√£o Presidente do estado, Justiniano de Serpa, que veio a ser assinado o decreto instituindo o pavilh√£o cearense. No ato oficial, determinou que esse fosse constitu√≠do de um ret√Ęngulo verde e o losango amarelo da bandeira nacional, tendo ao centro um c√≠rculo branco e, ao meio deste, o escudo do Cear√°. O Decreto n¬ļ 1.971, de 25 de agosto de 1922 foi modificado pela Lei n¬ļ 8.889, de 31 de Continue lendo Bandeira do Estado do Cear√°

Decifrando o Cearês

Símbolos de fé e devoção em Canindé

Como n√£o se emocionar com essas imagens? Como n√£o se emocionar com tamanha demonstra√ß√£o de f√©? Uma f√© que tr√°s alegria e regozijo, uma f√© que d√° sem pedir nada em troca, uma f√© eleva o esp√≠rito para pr√≥ximo de Deus. N√£o importam as diferen√ßas religiosas, n√£o importa a cor, a origem, a ra√ßa, o que importa somente, √© a f√© que “move montanhas”, √© comungar com Deus atrav√©s de seus escolhidos, como S√£o Francisco de Assis ou S√£o Francisco das Chagas de Canind√©. Que o ego√≠smo que faz crer que sua f√© e seu modo de adorar, n√£o se Continue lendo S√≠mbolos de f√© e devo√ß√£o em Canind√©

Festa de São Francisco de Canindé Р2017