GAIATICE – POR AUGUSTO BONEQUEIRO

Augusto Bonequeiro é o domador que encara essa fera, o boneco “Fuleragem”, com sua lingua afiada ele rouba a cena. Veja exemplo na piada abaixo quando augusto pergunta a Fuleragem qual a palavra mais versátil da lingua portuguesa. MERDA! – Responde o boneco – COMO ASSIM RAPAZ, ME EXPLIQUE ISSO! – É FÁCIL AUGUSTO…

http://www.portalfcs.com.br/img_news/augusto150509.jpg 
1) Como indicação geográfica 1:
Onde fica essa MERDA?

2) Como indicação geográfica 2:
Vá a MERDA!

3) Como indicação geográfica 3:
Vou embora dessa MERDA.

4) Como substantivo qualificativo:
Você é um MERDA!

5) Como auxiliar quantitativo:
Trabalho pra caralho e não ganho MERDA nenhuma!

6) Como indicador de especialização profissional:
Ele só faz MERDA.

7) Como indicativo de MBA:
Ele faz muita MERDA.

8) Como sinônimo de covardia:
Seu MERDA!

9) Como questionamento dirigido:
Fez MERDA, né?

10) Como indicador visual:
Não se enxerga MERDA nenhuma!

11) Como elemento de indicação do caminho a ser percorrido:
Por que você não vai a MERDA?

12) Como especulação de conhecimento e surpresa:
Que MERDA é essa?

13) Como constatação da situação financeira de um indivíduo:
Ele  está na MERDA…

14) Como indicador de ressentimento natalino:
Não ganhei MERDA nenhuma de presente!

15) Como indicador de admiração:
Puta MERDA!

16) Como indicador de espécie:
O que esse MERDA pensa que é?

17) Como indicador de continuidade:
Tô na mesma MERDA de sempre.

18) Como indicador de desordem:
Tá tudo uma MERDA!

19) Como constatação científica dos resultados da alquimia:
Tudo o que ele toca vira MERDA!

20) Como resultado aplicativo:
Deu MERDA.

21) Como indicador de performance esportiva:
O seu time não está jogando MERDA nenhuma!!!

22) Como constatação negativa:
Que MERDA!

23) Como classificação literária:
Êita textinho de MERDA!!!

24) Como qualificação de governo:
O goverrno só faz MERDA!

25) Como situação de ‘orgulho/metidez’ :
Ela se acha e não tem ‘MERDA NENHUMA!’

HOJE COMEMORA-SE O DIA DA LINGUA NACIONAL 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*