Guilherme Rocha

Guilherme Cesar da Rocha nasceu em Fortaleza a 16 de Agosto de 1846 e faleceu em julho de 1928. Era filho de Manoel Antonio da Rocha Júnior, negociante e Cônsul da Bélgica, falecido em 20 de Agosto de 1871, e de Joaquina Mendes da Rocha, nascida em Canindé no dia 04 de Março de 1819 e falecida em Fortaleza a 10 de Março de 1882, irmã dos Coronéis Joaquim e José Mendes da Cruz Guimarães.

Depois de ter feito os estudos preparatórios no Colégio dos Padres Paiva, no Rio Comprido, Rio de Janeiro, para onde foi em 1856, matriculou-se na Escola de Guerra, que abandonou por motivo de doença quando já estava no terceiro ano do curso. De volta ao Ceará, dedicou-se ao comercio.

Durante o império, foi o 4º Vice-presidente da Província e no atual Vice-presidente do Estado, Comandante Superior da Guarda Nacional, deputado e Intendente Municipal de Fortaleza, cargo este, que ocupou de 12 de julho de 1892 a 3 de fevereiro de 1912.

Jardim 7 de setembro – Praça do Ferreira (1902)

É responsável por obras urbanísticas importantes, como a primeira urbanização da Praça do Ferreira, em 1902, trazendo o Jardim 7 de Setembro, uma caixa d`água e os quiosques (cafés) nos cantos; Praça Marquês do Herval (atual Praça José de Alencar) e Praça Caio Prado (Praça da Sé). Em 1902 inaugura o Jardim 7 de setembro na Praça do Ferreira. Em 1903 fez os jardins da praça da Sé e do Patrocínio.

Durante 30 anos ocupou cargos na Mesa Administrativa da Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza, sendo seu tesoureiro por 16 anos. Durante 14 anos, exerceu o cargo de Agente do Lloyd Brasileiro. Foi exonerado dos dois, após o movimento armado, que deportou o Governador Nogueira Accioly em 1912.

Foi nomeado Administrador dos Correios do Ceará em 15 de Maio de 1913.

Fonte: Dicionário Bio-bibliográfico Cearense-Barão de Studart
Jaqueline Aragão Cordeiro

COISA DE CEARENSE

Author: Jaqueline Aragão Cordeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *