MANIA DE CEARENSE: FAZER COMPARAÇÕES

Esses termos são usados para se comparar uma pessoa ou situação com algo que se vive no dia-a-dia. Citaremos aqui, algumas mais conhecidas, mas nossa lista de comparações, é maior que lingua de sogra.
  • Mais ralo que instalação de quermesse.
  • Mais mole do que coração de mãe.
  • Mais enjoado que urubu novo.
  • Mais melado que menino gripado chupando manga.
  • Mais chato que lençol curto.
  • Mais sujo que pau de galinheiro.
  • Mais seco que lingua de periquito.
  • Mais falso que tampa de fojo.
  • Mais ligeiro que mijada de rã.
  • Mais difícil que enterro de anão.
  • Mais valente que preá de balseiro.
  • Mais fácil que empurrar bêbado em ladeira.
  • Mais fraco que caldo de bila.
  • Mais tonto que mosca em ar condicionado.
  • Mais perdido que cachorro que cai de caminhão de mudança.
  • Mais desmantelado que galope de vaca.
  • Mais grosso que papel de enrolar prego.
  • Perturba mais que zuada de muriçoca.
  • Leva mais chifre que pano de toureiro.
  • Mais quebrado que arroz de terceira.
  • Sofre mais que suvaco de aleijado.


Author: Jaqueline Aragão Cordeiro

1 thought on “MANIA DE CEARENSE: FAZER COMPARAÇÕES

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *