Centro de Formação Olímpica de Fortaleza

O Centro de Formação Olímpica do Nordeste (CFO), que foi construído em frente à Arena Castelão, em Fortaleza, e faz parte da Rede Nacional de Treinamento que vem sendo estruturada pelo Ministério do Esporte em todo o país. A responsabilidade pela construção é do governo do estado do Ceará. A obra começou em agosto de 2013 e foi entregue no dia 30 de junho de 2016.

Em setembro de 2014 ficou pronta a pista de skate. Em dezembro, foram entregues alojamento para 248 atletas, áreas de ginástica olímpica e rítmica, lutas e tênis de mesa, academia, refeitório, cozinha industrial, recepção, salas médicas, vestiários, ala das confederações e biblioteca.

O projeto do novo equipamento tem área total de 85.922,12m², sendo 45.117,87m² de área construída, e faz parte do legado dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. O financiamento é conjunto, dos governos estadual e federal. O investimento do Estado do Ceará é de R$ 19,8 milhões e da União é de R$ 207 milhões, totalizando R$ 226,8 milhões.

As atividades no CFO contemplarão do esporte de base ao topo do alto rendimento. O centro abrigará o maior ginásio multiuso climatizado do Brasil, com cadeiras retráteis e capacidade para até 21 mil pessoas. O novo equipamento também tem quadras, salas para lutas, piscinas olímpicas, pista de atletismo, campo de futebol, pistas de skate e BMX, quadras de vôlei de praia e de tênis (saibro). Além disso, tem camarotes, bares, salão, praça de alimentação e hotel para até 248 atletas.

Detalhamento da obra
Início: 14/08/2013
Término: 30/06/2016
Empregos gerados: 1.123
Valor: R$ 226,8 milhões, sendo R$ 207 milhões do governo federal e R$ 19,8 milhões do governo estadual
Área total: 85.922,12m²
Ginásio: 17.100 pessoas sentadas (evento esportivo); 21 mil pessoas (evento cultural)
Camarotes, bares e salão multiuso
Piscinas: olímpica e de saltos ornamentais
Campo e pista de atletismo
Ginásio para ginástica olímpica e de lutas
Pistas de skate e BMX
Quadras de vôlei de praia e de tênis de saibro
Alojamentos para até 248 atletas

Fonte: Jornal Diário do Nordeste e G1

Jaqueline Aragão Cordeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*