De longe distante

Durante a nossa infância, acontecem eventos que ficam na memória para sempre, um forte exemplo disso é a música. A música parece mágica e tem uma teia que nos envolve em lembranças, nos fazendo viajar no tempo. A infância vivida na cidade de Canindé, presenciando uma das maiores romarias da América Latina, a de São Francisco de Canindé, ouvindo os hinos tacados repetidamente no sistema de som da igreja, e lá está ela, aquela música “chiclete” que nunca mais sai da memória. Essa música que tanto lembra minha infância é “De longe distante”, o hino dos romeiros.

Posso afirmar, sem sombra de dúvidas, que a emoção que sentimos ao presenciar tamanha representação de fé e sacrifício, em nome da religião, é algo que transforma o ser humano, que dá abertura para Deus entrar em seu coração.

Música: De longe distante
Autor: Manoel Messias
1. De longe distante, tangidos por fé / de todo lugar chegam a Canindé / Não temem a jornada, correndo até risco / de qualquer maneira, vêm ver São Francisco.
Refrão
Teus filhos te amam, te amam com fé, salve São Francisco, salve Canindé (BIS)
2. Trazendo oferendas, do ouro à escultura / de tantos aleijos há uma fé que cura / Com olhos parados, fitantes no altar / Com a voz tremente começam a rezar.
3. As preces lhes brotam dos lábios frementes / mostrando um amor maior que o da gente / Salve, ó Francisco. Salve, ó peregrino / Salve, ó Canindé, Salve, ó terra sublime.

Manoel Messias foi um artista importante da cultura popular da cidade de Canindé, faleceu no dia 06 de maio de 2012, em Fortaleza. Foi sepultado no dia 07 de maio, às 17h, no Cemitério São Miguel, em Canindé. Manoel Messias, também carinhosamente conhecido como Manoelzinho, era cantor, compositor e artista plástico.

Dentre algumas de seus trabalhos, está a restauração do Painel de São Francisco, em 1980, juntamente com Maria Vieira, Dona Raimunda e o artista Lisboa. E também por algumas vezes restaurou a Bandeira de São Francisco. Também pintava muitos quadros de São Francisco, como alguns que estão expostos na Casa dos Milagres.

Foi o coautor do Hino de Canindé, que compôs juntamente com o maestro José Rainho. Sendo devoto de São Francisco e de Nossa Senhora lançou muitos trabalhos de músicas, louvores e hinos, alguns de grande relevância a romaria, como “De Longe Distante”.

Fonte: www.santuariodecaninde.com
Jaqueline Aragão Cordeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*