Tadeu Melo

Tadeu dos Santos Melo nasceu em Fortaleza no dia 22 de maio de 1965. O interesse pelo teatro se manifestou na adolescência. Adorava ver as pessoas à sua volta, enquanto contava histórias na escola. Aos 20 anos, partiu sozinho para o Rio de Janeiro, onde frequentou a Escola de Teatro Martins Penna, depois o Tablado, onde permaneceu por seis anos.

Como aluno, participou das montagens de “Sonho de uma Noite de Verão” e “Beijo no Asfalto”. Em 1990, integrou o elenco de “O Cavalinho Azul”, com texto e direção de Maria Clara Machado, apresentado no Teatro Tablado. Dois anos depois, foi convidado por Milton Dobbin a participar do espetáculo “O Homem e o Cavalo”, de Oswald de Andrade. A seguir, Mello apresentou-se no Rio com “Passo a Passo no Paço”, “Sara e Severino na Era das Coca-Colas”, “Bravo Soldado do Schweir” e “Deus”. A próxima etapa foi frequentar a Oficina de Atores da Rede Globo, entre 1996 e 1997, quando estreou na telinha. O primeiro trabalho foi em “A Indomada”, seguido de “Anjo Mau”, “Meu Bem Querer” e “Brava Gente”, no episódio “O Santo e a Porca”.

Passou 15 anos batalhando um espaço no Rio de Janeiro, como ator de teatro. Sua grande chance ocorreu quando iniciou um trabalho na peça “Lisbela e o Prisioneiro”, que depois virou filme. À partir daí, descoberto pelo diretor Guel Arraes, da TV Globo, viu sua carreira deslanchar. Logo em seguida foi trabalhar na novela “Porto dos Milagres” (2001).

Ele tem cerca 20 peças teatrais no currículo, além de participações em seriados de televisão como “Os Normais”, “A Grande Família” e “Hoje é Dia de Maria II”.  Em 1998, Tadeu Mello estreou o personagem Tatá no programa “A Turma do Didi”, papel que interpretou por cerca de 10 anos.

Em cinema participou dos filmes “Xuxa e os Duendes”, “Didi, o Cupido Trapalhão”, “Lisbela e o Prisioneiro” e “A Ilha do Terrível Rapaterra”. Além de atuar, Tadeu também empresta sua voz “desafinada” a desenhos animados. Uma de suas dublagens mais conhecidas é do bicho-preguiça Sid no filme infantil “A Era do Gelo”. Em 2008, o ator está nos palcos com o espetáculo infantil “Cyrano”.

Tadeu Mello, em 2009, continua em cartaz com a peça infantil “Cyrano”, tendo no elenco Mel Lisboa que, nesta temporada, substitui Nívea Stelman. Entre 2009 e 2010, Tadeu Mello está no teatro com a peça “A Marca do Zorro”, espetáculo baseado na história do justiceiro mascarado mexicano e dirigido por Pedro Vasconcellos. A peça é protagonizada por Thierry Figueira (Zorro) e Priscila Fantin (Esmeralda).

Foram sete meses de ensaios árduos madrugada adentro. No palco, 20 atores encenam lutas de esgrima e dança flamenca. A movimentação é constante e frenética, fruto das aulas de Le Parkour (uma técnica onde os praticantes usam seu corpo para passar obstáculo de uma forma rápida e fluente) aplicadas a todo elenco. Em 2011, Tadeu Mello continua trabalhando com Renato Aragão, no humorístico “As Aventuras do Didi”.

Fonte: ondeanda
Jaqueline Aragão Cordeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*