Cococi, a cidade fantasma

Distrito fica a 27 quilômetros da Zona Urbana de Parambu. O único acesso é por estrada piçarra (Foto: André Teixeira/G1)
O DISTRITO DE COCOCI FICA A 27 KM. DE PARAMBU

O distrito de Cococi perdeu o status de cidade em 1979 e hoje pertence ao município de Parambu, no sertão dos Inhamuns do Ceará. Sete pessoas de duas famílias vivem na ex-cidade que já abrigou duas mil pessoas. Só restaram duas casas e a igreja entre as ruínas. A cidade é de grande importância para a história da região dos Inhamuns. De acordo com a diretora do Museu dos Inhamuns, Dolores Feitosa, foi lá que chegaram os primeiros habitantes a essa área do sertão cearense.

O lugar começou a declinar por causa das estiagens. Os moradores contam que o terceiro e último prefeito da ex-cidade deu um calote na população e fez uso irregular de verba pública, o que revoltou e fez com que o restante da população abandonasse o local.

Atualmente, as poucas casas do local estão ruínas. A vegetação destruiu a câmara municipal e a prefeitura. O telhado da maior parte das casas já desabou e o moinho de vento não puxa mais água para os sete moradores que ainda habitam o local. Somente duas casas e a igreja estão conservadas.

Igreja fica lotada durante novenário e "muda a cara" de Cococi (Foto: André Teixeira/G1)
A IGREJA DE COCOCI FICA LOTADA DURANTE NOVENÁRIO

De 29 de novembro a 8 de dezembro, Cococi realiza um novenário que “muda a cara do local”. O distrito recebe cerca de 300 pessoas por dia, que lotam a igreja de Nossa Senhora. A igreja é preservada pelas duas famílias de Cococi e é o prédio mais conservado da área. Os católicos vêm das cidades vizinhas e criam um comércio paralelo durante os dias do novenário.

Fonte: g1.com
Jaqueline Aragão Cordeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*