Haroldo Gondim Juaçaba

Haroldo Gondim Juaçaba nasceu em Fortaleza, no dia 31/03/1919 e faleceu em 01/06/2009, aos 90 anos. Estudou no Colégio Cearense do Sagrado Coração, onde concluiu o segundo grau, em 1934, seis anos depois graduou-se em medicina pela Faculdade Nacional de Medicina da Universidade do Brasil, no Rio de Janeiro, com apenas vinte anos de idade.

Fez residência médica no Ruverside Hospital, Kentucky, EUA, no setor de cirurgia geral, e especializou-se em cirurgia e cancerologia, com participação em cursos ministrados pelo Colégio Americano de Cirurgiões. Cumpriu também programas de estágios e visitas em renomadas instituições médicas norte-americanas e britânicas.

Teve mais de 60 trabalhos publicados sobre medicina e educação. Foi professor da Terceira Cadeira de Clínica Cirúrgica e de Anatomia Topográfica da Faculdade de Medicina do Ceará, e de Anatomia na Escola de Enfermagem São Vicente de Paulo. Ainda como educador, coordenou o Internato em Cirurgia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC) e a Residência Médica em Cirurgia do Hospital das Clínicas. Considerado por muitos o precursor da cancerologia, no Estado, Haroldo Juaçaba foi responsável pela implantação da Residência em Medicina Preventiva e Social, no Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social, o INAMPS, e do primeiro Banco de Sangue de Fortaleza, no Hospital Geral Dr. César Cals. É um dos fundadores da Faculdade de Medicina, também fundou, em 1944, o Instituto do Câncer do Ceará, onde, por décadas, exerceu a presidência. Cinco anos depois, em 1999, inaugurou o Hospital do Câncer, que leva seu nome.

Sua visão humanista, focada na assistência ao doente e no ensino em serviço, pode ser resumida no lema que adotou: “Importa fazer o bem”. Recebeu diversas homenagens e comendas, dentre elas: Título de Professor Emérito da UFC; Troféu Sereia de Ouro, concedido pelo Grupo Edosn Queiróz e a Medalha Boticário Ferreira, concedido pela Câmara Municipal de Fortaleza. Era também, Membro Emérito do Colégio Brasileiro de Cirurgiões e Sócio Honorário da Sociedade Brasileira de Mastologia. Foi ainda, Presidente da Associação Médica Cearense de 1950 a 1951.

Foi casado com Ferreira Juaçaba  e teve cinco filhos, dentre eles, Sergio Ferreira Juaçaba, ex-presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia-Regional Ceará, atual vice-presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia-Nordeste e Diretor Geral do ICC (Instituto do Câncer do Ceará).

Fonte: Sociedade Brasileira de Mastologia
Jaqueline Aragão Cordeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*