A Catedral de Fortaleza

A primeira capela-mor da Matriz de Fortaleza teve sua construção autorizada pela Ordem Régia de 12 de fevereiro de 1746. Em 12 de janeiro de 1795 o Padre Antônio José Álvares de Carvalho, então vigário geral, contratou José Gonçalves Ramos para terminar a obra. Em 1821, a Matriz de São José estava em ruínas, precisando ser reconstruída. A vila cresceu para o lado da igreja do Rosário e então foram passadas para esta, em procissão, o Santíssimo Sacramento e todas as imagens, passando ela a funcionar como Matriz até 2 de abril de 1854 quando as imagens voltaram à Matriz Continue lendo A Catedral de Fortaleza

A PARÓQUIA DE SÃO FRANCISCO DE CANINDÉ – PARTE 2

A vila de Canindé era uma das maiores do estado, com 350 casas de tijolo e alguns edifícios, sendo o mais importante a Matriz, frequentado todos os anos por 4 a 5 mil peregrinos, que vinham de quase todos os Estados do Brasil, principalmente do Amazonas, Pará, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte e Paraíba. Tinha mais uma Igreja, a de Nossa Senhora das Dores, dois cemitérios públicos, um grande prédio edificado por ordem do Bispo Diocesano, onde estão expostos os ex-votos trazidos pelos romeiros, três pequenos açudes. A cadeia pública e o mercado eram de propriedade particular, alugados aos Continue lendo A PARÓQUIA DE SÃO FRANCISCO DE CANINDÉ – PARTE 2

A Paroquia de São Francisco de Canindé – Parte 1

Houve uma missão denominada dos índios CANINDÉS e GENIPAPOS, quando o Ceará ainda era capitania dependente de Pernambuco. Essa missão foi elevada a categoria de freguesia, desmembrada de Aquiraz, e mais tarde, em 1764, elevada a Vila com o nome de Monte-Mor-o-novo-d ’América, hoje, a cidade de Baturité. Parte do sertão de Canindé, quase inóspito, pertencia a Baturité. Em 1775, na região já sendo ocupada por fazendeiros, foi construída uma capela dedicada a São Francisco das Chagas. Quando começou a edificação da capela, o terreno onde estava sendo construído pertencia a três irmãos residentes na capitania de Pernambuco, que ao Continue lendo A Paroquia de São Francisco de Canindé – Parte 1

Igreja Matriz de Viçosa

A Igreja Matriz de Nossa Senhora da Assunção é um templo católico construída nos séculos XVII e XVIII situada no município de Viçosa do Ceará, estado do Ceará. Foi construída por índios e jesuítas e, durante os séculos XVII e XVIII, foi a Igreja da Ibiapaba, sendo uma das mais antigas igrejas cearenses. O dia 15 de agosto de 1700  é considerado o dia da fundação da aldeia da Ibiapaba, que viria a ser a cidade de Viçosa. Habitavam a localidade quatro tribos indígenas, os Camocins, os Anacés e os Ararius do grupo Tapuia, além dos Tabajaras  do grupo Guarani. Continue lendo Igreja Matriz de Viçosa