Mosteiro dos Jesuítas em Baturité

Em fevereiro de 1922, os jesuítas decidiram abrir aqui uma Escola Apostólica (colégio para internos), ou seja, uma casa para novos jesuítas. A família do Comendador Ananias Arruda, foi quem doou uma parte do Sitio Olho D’água ao Padre Antônio de Oliveira Pinto, não só para realizar a construção, e sim para que os jesuítas pudessem tirar do cultivo da terra, o sustento dos seus, oriundos de famílias pobres do interior do Ceará, do Pernambuco e do Piauí. A construção levou mais de 10 anos para finalizar a parte atual; no projeto original o tamanho da Escola Apostólica era o Continue lendo Mosteiro dos Jesuítas em Baturité

Palacete dos Alencar, em Barbalha

O palacete dos Alencar foi edificado em 1817, a mando do Padre Gregório de Sá Barreto, primeiro adjutor da Capela de Santo Antonio, que após pouco tempo, e com a construção ainda inacabada, precisou vende-la para tratar de sua saúde na Bahia, tendo falecido naquele estado sem ver a obra acabada. Foi a primeira construção de arquitetura monumental da Vila, pois existiam apenas casebres ao redor da capela. Fotos: Arquivo pessoal Jaqueline Aragão Cordeiro

Solar Maria Olimpia, em Barbalha

O sobrado foi construído em 1885 pelo Cel. Francisco Rodrigues. É uma edificação estruturada em dois pavimentos, térreo e primeiro andar. Foi utilizada durante muito tempo como ponto comercial e residência, respectivamente. O sobrado foi alvo de saques ocorridos em Barbalha, durante a sedição de Juazeiro. Também serviu de local para saraus e bailes de casamento para pessoas ilustres como o Sr. Manoel Joaquim de Santana e Maria Olimpia Coelho de Santana. Fotos: Arquivo pessoal

Sobrado do Mirante – Icó

Edificação em estilo colonial com três andares, no último, se encontra o mirante. Com oito janelas, sendo duas de cada lado, proporcionava uma vista panorâmica de cidades e arredores.
Faz parte do Patrimônio Histórico Nacional, bem como outras dezenas de imóveis de Icó.

O casarão mal assombrado de Guaiúba

Li algumas histórias sobre o casarão mal assombrado de Guaiúba e resolvi ir constatar.  Guaiúba fica a 38 km de Fortaleza, e a localidade chamada Água Verde, onde se encontra o casarão, fica a 14 km contando-se da Igreja matriz no centro da cidade. O casarão está localizado na margem da CE 060 e de longe já é uma visão sombria, com suas 81 portas e janelas, no alto de um morro, sucumbe ao tempo mas não nos impede de imaginar que ali já reinou nos auros tempos. Sou uma pessoa supersticiosa e quero distância de fantasmas e similares, mas não Continue lendo O casarão mal assombrado de Guaiúba

Sobrado do Barão de Aracati

A edificação do século XIX, inserindo-se numa das áreas de maior importância histórica para o nosso Estado, que é o acervo urbano e arquitetônico de Aracati do século passado e que se conserva ainda bastante íntegro. O sobrado caracteriza-se pela esbeltez de suas formas e por ter a fachada principal em azulejaria portuguesa. Sua fachada conta com nave envasaduras de corpo inteiro, divididas em três para cada nível (piso). O primeiro piso (térreo) destinava-se originariamente ao comércio, ficando os demais para uso residencial. O sobrado conta ainda com um sótão, que forma o quarto piso, com envasaduras para as empenas Continue lendo Sobrado do Barão de Aracati

CASA DO PORTUGUÊS

Protegida contra intervenções que desfigurassem sua estrutura original desde 2006, quando o processo de tombamento foi aberto pela então Fundação de Cultura, Esporte e Turismo (Funcet), a Casa do Português, localizada na Avenida João Pessoa, data de 1950, quando começou a ser construída pelo português José Maria Cardoso. O proprietário deu seu próprio nome, junto ao de um santo, a casa: Vila Santo Antônio de José Maria Cardoso, popularmente conhecida como “Casa do Português”. Possui três andares com duas rampas laterais que davam aos automóveis, acesso aos terceiro e quarto andares. O prédio teve sua preservação solicitada por ser uma Continue lendo CASA DO PORTUGUÊS

CASA DE JUVENAL GALENO

Fundada em 27 de setembro de 1919, é uma instituição mantida pela Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), com objetivo de difundir e incentivar a cultura cearense. A Casa de Juvenal Galeno, dirigida por Antônio Galeno, sempre foi um movimentado centro cultural da cidade. Nesta casa, o poeta Juvenal Galeno criou os seus sete filhos e veio a falecer aos 95 anos. Instalada à rua General Sampaio, 1128, a Casa de Juvenal Galeno, construída pelo poeta em 1886 e transformada em centro de cultura em 1919 por suas filhas Júlia e Henriqueta Galeno, é um dos palcos mais Continue lendo CASA DE JUVENAL GALENO

FARMÁCIA OSWALDO CRUZ

A farmácia Oswaldo Cruz foi fundada no dia 29 de junho de 1932 pelo Farmacêutico Hortêncio Mota, sendo depois, vendida para o também farmacêutico e funcionário da farmácia, Edgar Rodrigues de Paula, em 1934. Desde então, pertence a família de Edgar há três gerações. A farmácia foi a primeira em manipulação do Estado do Ceará e mantém seus padrões de qualidade até hoje. O prédio, localizado na rua Major Facundo, e construído em 1890, correu risco de desaparecer, é que após a morte do proprietário do prédio, Sr. Plácido Paiva, as irmãs do mesmo se tornaram as locatárias do imóvel e chegaram a pedir três vezes Continue lendo FARMÁCIA OSWALDO CRUZ

HOTEL EXCELSIOR

O prédio foi inaugurado em 31 de dezembro de 1931. Foi o primeiro “arranha-céu” da cidade com sete andares. Inspirado em um edifício de Milão na Itália. Foi construído todo em alvenaria por Natali Rossi, cunhado de Plácido de Carvalho e a decoração interna foi feita por Pierina Rossi, esposa de Plácido. Ali já foi o sobrado do Comendador Machado, o Hotel Central e o Café Riche. O sobrado foi construído em 1825 pelo Comendador José Antonio “Machado”. Foi comprado pelo comerciante Plácido de Carvalho em 1827 para ali construir o primeiro arranha-céu da cidade com 12 apartamentos de luxo, 38 apartamentos simples e Continue lendo HOTEL EXCELSIOR