Associação Caatinga

A Associação Caatinga foi criada em Fortaleza, em outubro de 1998, com o apoio do Fundo para Conservação da Caatinga, estabelecido por Samuel Johnson para a proteção da carnaúba. É uma entidade não governamental, sem fins lucrativos, reconhecida como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) e cadastrada no Cadastro Nacional de Entidades Ambientalistas (CNEA).

Com a missão de PROMOVER A CONSERVAÇÃO DAS TERRAS, FLORESTAS E ÁGUAS DA CAATINGA PARA GARANTIR A PERMANÊNCIA DE TODAS AS SUAS FORMAS DE VIDA, a Associação Caatinga desenvolve projetos para a criação e gestão de áreas protegidas, o fomento à pesquisa, a educação ambiental e o desenvolvimento sustentável.

Em suas ações, a Associação Caatinga trabalha na construção de uma rede de parceiros, potencializando a mobilização de pessoas e instituições interessadas na conservação da biodiversidade da Caatinga, num espectro que abrange universidades, órgãos técnicos e de financiamento, proprietários rurais e agricultores familiares, empresários, organizações do terceiro setor e instituições governamentais.

A Associação está se transformando num centro de referência para a conservação da Caatinga através da difusão de experiências exitosas.

A instituição está filiada à Confederação Nacional de RPPN, Rede Nacional Pró Unidades de Conservação, Rede Nacional das Organizações para as Energias Renováveis, Associação Asa Branca de Proprietários de RPPN do Ceará e Fórum Nacional de Áreas Protegidas / MMA. É membro do Comitê Gestor e Técnico do programa Selo Município Verde (Programa de Certificação Ambiental do Estado do Ceará), do Comitê Estadual da Reserva da Biosfera da Caatinga (Ceará), do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente – Crateús e do Programa Estadual de Prevenção, Monitoramento e Controle de Queimadas e Combate aos Incêndios Florestais – PREVINA. É coordenadora da Aliança da Caatinga e do Projeto de Conservação do Tatu-bola.

Associação Caatinga desenvolve projetos para a conservação e sustentabilidade da Caatinga através de seis linhas de atuação:

Criação e Gestão de Áreas Protegidas
Através do Programa de Incentivo a Criação Reservas Privadas do Patrimônio Natural (RPPN), a Associação Caatinga apóia a criação de Reservas em áreas privadas e o incremento na gestão das RPPN através do apoio na elaboração e implantação de planos de manejo. Esse programa também desenvolve estudos para o aumento de incentivos econômicos para proprietários de RPPN, como o pagamento por serviços ambientais, além de realizar estudos para a criação de outras categorias de unidades de conservação na Caatinga. Mantém a Reserva Natural Serra das Almas, a maior unidade de conservação privada do estado do Ceará.

Restauração Florestal
Com estruturas para a produção de mais de 100 mil mudas por ano, a Associação Caatinga produz mudas de espécies nativas da Caatinga para recomposição e restauração florestal de áreas degradadas, com foco principal na recuperação de nascentes, Áreas de Preservação Permanente e Reserva Legal na Caatinga.

Tecnologias Socioambientais
Através dessa linha, a Associação Caatinga dissemina alternativas mais sustentáveis que diminuem a pressão humana sobre os recursos naturais da Caatinga. As tecnologias incluem meliponicultura – criação de abelhas nativas sem ferrão para comercialização de mel, fogão ecoeficiente – que reduz em 40% o consumo de lenha, forno solar – que substitui a lenha e o carvão pela energia do sol, gestão de resíduos sólidos na zona rural – que reduz a contaminação dos solos e água, compostagem – produção de adubo orgânico para as culturas agrícolas familiares, manejo correto do solo na caatinga e cisternas para armazenamento de água das chuvas.

Educação Ambiental
Através de campanhas educativas, cursos, oficinas, publicações e exposições, a Associação Caatinga dissemina informações sobre as riquezas da Caatinga e a importância de sua conservação. As redes sociais e os diferentes veículos de comunicação são utilizados para divulgar informações e materiais que trazem um novo olhar sobre o bioma buscando aumentar a sua valorização e proteção.

Apoio a Pesquisa Científica
Através de parcerias e convênios com instituições de ensino, pesquisa e extensão, a Associação Caatinga busca potencializar a produção acadêmica sobre a Caatinga, bioma menos conhecido e pesquisado do país, aumentando o conhecimento científico sobre essa região e os subsídios para ações de conservação.

Políticas Públicas
A Associação Caatinga trabalha no fomento à criação de leis e programas que aumentem a proteção e a conservação da Caatinga. Nesse sentido algumas políticas públicas já foram fomentadas como o ICMS Socioambiental do Ceará, o Programa Selo Município Verde e o Sistema Estadual de Unidades de Conservação.

Veja como participar, a lojinha virtual e muito mais no site www.acaatinga.org.br

Jaqueline Aragão Cordeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*