Boa Viagem

Boa Viagem é um município do estado do Ceará, e por ser um importante Centro Urbano possui um aeroporto chamado Coronel Virgílio Távora, destinado para aeronaves de pequeno porte. O nome Boa Viagem faz uma alusão à santa e uma história de tradição oral. Sua denominação original era Cavalo Morto e oficialmente desde 1862, Boa Viagem, porém em mapas datados de 1800 já é cartografada como Boa Viagem.

Conta-se que apareceu naquele lugar um homem desconhecido, trazendo em sua companhia uma moça branca e bem parecida. Algum tempo depois de sua chegada soube-se que ele raptara a moça pertencente a uma família importante de Icó. O pai e os irmãos dela, enfurecidos com tal atitude, puseram-se a persegui-los.

Antonio Domingues, o raptor, conhecendo o perigo em se achava se caísse nas mãos da família da moça, recorreu a Virgem Maria prometendo-lhe que se Ela o salvasse do eminente perigo, levantaria ali uma igreja com seus próprios recursos em homenagem a Nossa Senhora da Boa Viagem. A partir daí, tratou de esconder-se.

Vieram seus perseguidores a sua procura, mas não tiveram sorte nessa busca, apenas um conseguiu chegar a duas léguas do lugar chamado “Cavalo Morto”, e ali, morreu de uma dor, deixando todos os outros companheiros doentes pelo caminho. Desanimados com tamanha falta de sorte e supondo ser castigo o que lhes havia acontecido, pararam a perseguição contra os dois fugitivos.

Então, Antonio Domingues vendo-se livre da perseguição, saiu de seu esconderijo, casou com a moça e edificou a capela prometida, mudando o nome do lugar de “Cavalo Morto” para “Boa Viagem”.

Fonte: Wikipédia / Memórias do Professor Manoel Ximenes de Aragão (Revista do Instituto do Ceará)
Jaqueline Aragão Cordeiro

Veja também neste site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*