Instituto Dr. José Frota – IJF

PRÉDIO DA ASSISTÊNCIA MUNICIPAL – 1940

Em 22 de agosto de 1932, foi inaugurado o primeiro Serviço de Pronto Socorro de Fortaleza, com apenas uma ambulância, através de um convênio com a Santa Casa de Misericórdia. Quatro anos depois, em 31 de dezembro de 1936, houve a rescisão deste contrato e foi fundada a Assistência Pública de Fortaleza. A partir desta data, os serviços Médico-Cirúrgicos de Urgência passaram a funcionar nas dependências do Hospital Central da Polícia Militar.

Em 1940, devido ao crescimento demográfico e urbano de Fortaleza, decorrente da instalação das primeiras indústrias e do aumento do número de veículos, as estatísticas de acidentes aumentaram e esse fato impulsionou a construção da sede definitiva da Assistência Pública de Fortaleza. A sede dispunha de trinta leitos que eram divididos em quatro enfermarias: enfermaria de repouso; sala de raio x; sala de curativos; sala de cirurgia; sala de esterilização; e alguns serviços administrativos. Desde então, diversas ampliações foram feitas.

Em 1970, a unidade de saúde recebeu o título de Autarquia Municipal e foi nomeada como Instituto Dr. José Frota, homenagem concedida pelo Prefeito José Walter ao ex-Diretor da instituição.

No dia 17 de outubro de 1993, o então Prefeito Juraci Magalhães inaugurou o “novo IJF”, com uma área de aproximadamente 25.000m² e nove pavimentos distribuídos em um prédio vertical. Nesse período, foi construído um novo bloco de internações e o número de leitos foi ampliado para 416.

Na atual gestão, o Instituto Dr. José Frota passou por reformas que contemplaram setores estratégicos do hospital: Emergência, Centro Cirúrgico, Centro de Tratamento de Queimados e Unidade de Terapia Intensiva. Além disso, também foi priorizada a modernização dos equipamentos médico-hospitalares e a contratação de profissionais da saúde. A cobertura do IJF foi contemplada com um heliponto que facilita o transporte de pacientes advindos de resgates aéreos.

Atualmente, o IJF é o maior hospital terciário de Urgência e Emergência do Estado, sendo referência no atendimento aos pacientes traumatizados. Possui uma capacidade instalada de 425 leitos e realiza uma média de 15.500 atendimentos por mês e conta ainda com 2.191 servidores.

A obra de ampliação e reforma do Instituto Dr. José Frota (IJF), maior hospital de traumas do Ceará, custará R$ 74,6 milhões e deverá ser concluída em junho de 2018, após 24 meses. Com a construção de um novo prédio, o chamado IJF 2, a unidade hospitalar passará a contar com 664 leitos, além de novas salas cirúrgicas e central de exames especializados. A ordem de serviço para a realização do projeto foi assinada na manhã desta terça-feira (12), pelo prefeito Roberto Cláudio e o governador Camilo Santana.

Com o IJF 2, o hospital será ampliado em 13.237m² de área construída, sendo o novo prédio interligado ao atual por meio de passarelas, conectando as áreas cirúrgicas e de UTI. Durante as obras, os atendimentos médicos realizados no hospital não sofrerão interferências.

O projeto prevê a construção de um prédio com cinco pavimentos dotado de duas guaritas, estacionamentos, área de convivência, enfermarias, UTIs, centros cirúrgicos e salas de recuperação pós-anestésica. A estrutura também permitirá a instalação de serviços de ressonância magnética e hemodinâmica.

Fonte: Site do governo municipal / G1
Jaqueline Aragão Cordeiro

3 Replies to “Instituto Dr. José Frota – IJF”

  1. Alo! Gostei muito de ver essa informacao a respeito “Asistencia Municipal de Fortaleza”. Pois era assim que dizia-mos no meu tempo de Fortaleza. Essa reportagem trouxeram muitas memorias. Queria localizar uma velha amiga que a vi pela ultima vez em 1994, ela trabalhava ai nesse lugar. Nao sei como conseguir informacao sobre ela. Ja tentei atraves do GOOGLE ai no Brasil, mais sem sucesso. Se voce tiver a chance de ver essa noticia favor entrar em contacto comigo talvez consigo alguma informacao como localiza-la. Obrigada, Monique Ray

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*