Orgulho de ser cearense

Pense num lugar pai d’égua! O ano todo com um calor de rachar o quengo. Toda noite tem comédia e o povo é bonequeiro que só! Tá pra nascer quem é cearense que não é amancebado com esse lugar. Tem é zé prum cabra conhecer aqui e depois querer capar o gato. Pode ser liso, estribado, vir de perto ou lá da baixa-da-égua. Qualquer um fica arriado quando vê as praias daqui. Fica logo todo breado de areia, depois se imbioca no mar e num quer mais sair nem a pau. Depois de conhecer a negrada então, vixe!Se o estado é bom assim, avalie o povo! Tem gente de todo jeito: do fresco ao invocado, do batoré ao galalau,dos gato réi às espilicute, do cabra-macho ao fulerage e muitas outras marmotas. Bom que nem presta. É por isso que nas férias dá uma ruma de turista, tudo doido por uma estripulia, pq sabem q isso aqui ñ é de rebolar no mato. Só precisa dar um grau ou uma guaribada aqui ou ali, mas mesmo assim, tá de parabéns. Arre égua, ô coisa linda, macho, o Ceará.

Texto tirado da comunidade “Orgulho de Ser Cearense” do oukut, matéria do caderno 3 do jornal diário do nordeste- fortaleza – Ceará.

Jaqueline Aragão Cordeiro

Originally posted 2009-11-26 17:15:00.

Author: Jaqueline Aragão Cordeiro

3 thoughts on “Orgulho de ser cearense

  1. VOU FALAR NO MEU SOTAQUE.
    Sou PAULISTA e PAULISTANA e estou visitando seu Site por que eu tenho parentes que vem do CEARÁ.E quase não consegui ler direito meu,tive que falar com minha mãe que nasceu lá,pra me ajudar mano,senão meu,não dava pra ler cara.Tipo é muito dificil pra quem nunca conviveu por um longo tempo lá mano.Tipo EU JÁ FUI NO CEARÁ CARA,NINGUÉM,eu estou dizendo,NINGUÉM intendia o que eu falava cara.Eu reconheço a dificuldades deles para me intenderem,ate por que,eu também tenho dificuldades.Depois que eu voltei cara,foi um impacto muito grande,tipo,eu ouvia todos nada minha iscola falar comigo e istranhava muito!!!! Infim,TENHO ORGULHO DI TER FAMILIA LÁ MANO,E TAMBÉM TENHO ORGULHO DI TER FAMILIA EM ALAGOAS E EM SÃO PAULO,MINHA TERRA NATAL SÃO PAULO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *