Wolney Oliveira

wolney oliveira

Wolney Oliveira nasceu em Fortaleza, no ano de 1960. Formou-se como cineasta pela Escola Internacional de Cinema e Televisão de San Antonio de Los Baños (EICTV), em Cuba, com especialização em fotografia. Atualmente é diretor da Casa Amarela Eusélio Oliveira, do departamento de cinema da Universidade Federal do Ceará, e também Diretor Executivo do Festival Ibero-americano de Cinema Cine Ceará.

 

 

Filmografia
2011 Os últimos cangaceiros – Documentário, 79′, color, Brasil
2006 El Cayo de la Muerte (A ilha da morte) – Ficção, 88′, color, Brasil/Cuba [2])
2004 Borracha para a Vitória – Doc., 55’, color, Brasil
1999 Milagre em Juazeiro – Docudrama, 35mm, 83’, Brasil
1994 Elementais – Doc., 18’, Brasil
1993 As Barricadas Abriram Caminhos –Doc., 15’, Brasil
1992 Sabor a mí – Doc., 29’, Panamá, Argentina, México, Cuba e Brasil
1990 Los regalos de Don José (Os presentes de Dom José) –Doc., 19’, Brasil
1989 Um, dois – Doc., 13’, Brasil
1988 El invasor marciano (O invasor marciano) – Doc., 24’, Cuba
1987 Sirio en cuadro (Sirio em quadro) – Doc., 13’, Cuba
1987 Gilberto & Yayá – Doc., 7’, Cuba
1982 Un día de Tito (Um dia de Tito) – Doc., 18’, Brasil

Prêmios
2007 melhor roteiro, “a ilha da morte”, festival de cinema latino-americano de Trieste, Itália.
2007 melhor filme júri popular, “a ilha da morte”, festival de cinema e vídeo de Macapá, Amapá.
2004 prêmio 1º doctv Brasil, “borracha para a vitória”.
1994 melhor musical prêmio tam-tam vídeo, Roma, Itália: “sabor a mí”.
1994 menção honrosa ao melhor vídeo 21a jornada internacional de cinema e vídeo da Bahia, Brasil: “elementais”
1993 menção honrosa ao melhor vídeo, 10º festival internacional de cinema e vídeo de San Juan, porto rico: * “sabor a mí”.
1993 prêmio sol de prata ao melhor vídeo de longa duração, 9° festival internacional de cinema, vídeo, televisão e publicidade, rio cine, rio de janeiro, Brasil: “sabor a mí”.
1993 prêmio ao melhor argumento, 16º guarnicê de cine – vídeo “sabor a mí”, São Luís, Maranhão, Brasil.
1993 prêmio ao melhor vídeo, 16º guarnicê de cine-vídeo “sabor a mí”, São Luís, Maranhão, Brasil.
1988 prêmio Mikeldi de ouro ao melhor documentário: “o invasor marciano”, 30° festival internacional de cinema documentário e curta metragem de Bilbao, pais basco.
1993 prêmio vídeo escola categoria nacional da fundação Roberto Marinho e fundação banco do Brasil, 16º guarnicê de cine-vídeo, Brasil: “sabor a mí”.
1992 prêmio especial do júri ao melhor documentário em vídeo, XIV festival internacional do novo cinema latino americano, , cuba: “sabor a mí”.
1990 prêmio ao melhor curta de ficção: “um, dois”, terceira mostra de cinema jovem, cuba.
1989 prêmio caracol à melhor direção de documentário: “o invasor marciano”, vii festival nacional de cinema e vídeo, cuba.
1989 prêmio especial do conselho nacional de cineclubes ao melhor documentário: “o invasor marciano”, 12ª jornada internacional de cinema e vídeo, São Luís, Maranhão, Brasil.

“Milagre em Juazeiro”
2001 prêmio ao melhor documentário, festival internacional de Montevidéu, Uruguai.
2000 prêmio dos cineclubes ao melhor filme, iii festival luso-brasileiro, Portugal.
2000 melhor ator (José Dumont), iii festival de cinema luso-brasileiro, Portugal.
2000 melhor montagem longa-metragem, iv festival de cinema de recife, Brasil.
1999 prêmio á melhor atriz coadjuvante (Marta Aurélia), XXI festival de Brasília, Brasil.
1999 prêmio especial do júri, XXI festival de Brasília, Brasil.

Fonte: Wikipédia

Jaqueline Aragão Cordeiro

Author: Jaqueline Aragão Cordeiro

1 thought on “Wolney Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *