Açude Patu

A barragem do Açude Patu está localizada no município de Senador Pompeu, distante cerca de 3 km da sede do município. Barra o rio Patu, pertencente ao sistema hidrográfico do rio Jaguaribe e ao subsistema do rio Banabuiú, e sua bacia hidrográfica cobre uma área de 1.007 km³.

O Açude Patu tem Como finalidade principal o abastecimento de água da cidade de Senador Pompeu, além de auxiliar na regularização do rio Patu. A piscicultura é outro benefício decorrente da construção da barragem, além do aproveitamento das vazantes que surgiram com a formação do lago.

Os primeiros estudos realizados para a execução do projeto original da barragem foram elaborados em 1919. Dois anos depois, no Governo de Epitácio Pessoa, incumbiu à firma Dwight P. Robinson & Co. escavar os primeiros metros de fundação, de acordo com  contrato assinado em 1921 com a antiga Inspetoria de Obras Contra as Secas (IOCS), hoje DNOCS. A construção foi paralisada em 1923, por ordem do Presidente Arthur Bernardes, juntamente com outras grandes obras de açudagem no Nordeste. Algumas tentativas de retomada foram efetuadas, sempre esbarrando em obstáculos. Em julho de 1984 foi concluído o Projeto Executivo, com algumas modificações no original, elaborado pela Divisão de Barragens do DNOCS. No mesmo ano teve início sua construção pela EIT – Empresa Industrial e Técnica S.A.

A bacia do rio Patu foi estudada pela primeira vez na década de 60, quando analisaram-se as observações pluviométricas e fluviométricas das antigas estações do DNOCS. Mais recentemente, em 1984, o DNOCS estudou novamente esta bacia, com a finalidade de construir o açude, tendo encontrado valores com uma pequena discordância em relação ao estudo anterior (GEVS). Os estudos hidrológicos foram então desenvolvidos com base nas observações do comportamento do rio Patu, nos estudos do Engº  Aguiar e nas informações obtidas “in loco”, definindo-se a enchente de projeto e o nível máximo de operação do reservatório.

A precipitação média anual igual a 771 mm, tendo como base os dados provenientes das estações pluviométricas de Senador Pompeu, São Jerônimo, Pedra Branca e Minerolândia.

O local onde foi construído o açude tem uma área de contribuição hidrográfica de 1.007 kM2, com linha de fundo de 67 km. Com a soleira do vertedouro fixada na cota 130,00, possibilita um armazenamento de 71.829.000 m³, de onde se pode inferir que a barragem verterá todos os anos, caso haja precipitação normal.  A barragem tem altura máxima de 44,40 m e comprimento de coroamento de 412 m.

A construção da barragem teve início em 22 de novembro de 1984, pela Construtora EIT – Empresa Industrial e Técnica S.A., com a instalação do canteiro de obras e construção das estradas de acesso, sendo concluída em 25 de novembro de 1987, após uma paralisação.

Fonte: DNOCS
Jaqueline Aragão Cordeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*