Açude Serrote

A barragem Edson Queiroz, do Açude Serrote, está localizada no município de Santa Quitéria,  a cerca de 250 km de Fortaleza. O acesso pode ser feito pela rodovia BR-020 até Canindé, e daí pela CE-032 até Santa Quitéria. A partir deste local, o acesso é feito por uma estrada construída durante a execução da obra, percorrendo-se 16 km até o local da barragem. A barragem está localizada no rio Groaíras, pertencente ao sistema do rio Acaraú e foi projetada pela firma SEEBLA – Serviços de Engenharia Emílio Baumgart Ltda.

A barragem Edson Queiroz faz parte do Plano Diretor de Desenvolvimento do Vale do Acaraú, que consta de cinco barramentos destinados a complementar as disponibilidades hídricas do Sistema Araras e desta forma permitir a implantação de uma rede de irrigação de até 30.000 ha. Tem como finalidades complementares o controle de enchentes do rio Acaraú, o abastecimento d’água ao complexo minero-industrial de urânio implantado no município vizinho de ltataia, a perenização do rio Acaraú e a piscicultura.

No local da barragem a bacia hidrográfica do rio Groaíras abrange uma área de 1.765 km2. O lago formado cobre uma superfície de 2.660 ha, correspondendo a um volume de 250.500.000 m3 de água represada. A vazão regularizada é de 2,46 m3/s.

Com a formação do lago do Açude Serrote, foi relocado um trecho de 1 km da rodovia CE-032, que liga Santa Quitéria a Canindé, e construída uma nova ponte sobre o rio Groaíras, substituindo o trecho e a ponte que ficaram submersos quando do enchimento do reservatório. A nova ponte tem 116 m de comprimento, tendo sido aproveitada a infraestrutura já existente.

A construção da barragem foi iniciada em 1984 pela Construtora Andrade Gutierrez S.A., com a instalação do canteiro de obras e a execução da estrada de acesso, com 16 km de extensão. O término da construção ocorreu em 1987, com a conclusão das estruturas principais do empreendimento.

Diversas dificuldades foram encontradas durante a fase de construção, decorrentes de um maior aprofundamento das investigações geotécnicas, o que obrigou a se ampliar tais estudos, de forma mais direcionada, sobretudo para as pesquisas de jazidas e tratamento das fundações, que exibiram problemas bastante acentuados. Assim é que os materiais de construção, envolvendo solo argiloso para o núcleo e rocha de boa qualidade, exigiram investigações geotécnicas intensas para a obtenção dos volumes necessários à obra, de forma racional e econômica, não só pela distância transportada, como também pela qualidade do material pesquisado.

Fonte: DNOCS
Jaqueline Aragão Cordeiro

2 Replies to “Açude Serrote”

  1. Oi Gente, estou fazendo uma visitinha por aqui.
    Gostei bastante do site, vou ver se acompanho toda semana suas postagens
    Gosto muito desse tipo de conteúdo um Abraço 🙂

  2. Oi Gente, estou fazendo uma visitinha por aqui.
    Gostei bastante do site, vou ver se acompanho toda semana suas postagens
    Gosto muito desse tipo de conteúdo um Abraço 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*