Casa de Câmara de Cadeia de Barbalha

http://www2.secult.ce.gov.br/patrimonio_material/barbalha/casa_CCB.jpgA edificação foi construída por órdem de D. Pedro II, durante a grande seca de 1877, com o objetivo de criar frente de trabalho para os retirantes. É portanto, uma unidade arquitetônica representativa da história do povo de Barbalha, estando situado no local onde anteriormente se realizava a “Festa do pau-da-bandeira de Santo Antônio”.

Como demais construções do gênero no país, a Casa de Câmara e Cadeia de Barbalha apresenta dois pavimentos, sendo o térreo dividido em seis celas distribuídas a partir de um corredor central. O pavimento superior, com acesso por escadaria externa, possui, além das salas, um amplo salão delimitado por arcada.

Segundo relatos dos antigos moradores da cidade de Barbalha, o edifício passou por reformas no início da década de trinta do século passado, quando lhe foram acrescentadas a platibanda e os balaústres nas aberturas da fachada.

Sua fachada principal possui aberturas em vergas retas, protegidas por balcões. O acesso ao pavimento térreo é marcado por colunas encimadas por frontão triangular. O coroamento da edificação é feito por cornija e platibanda, que apresenta no centro um suave ressalto, detonando um frontão em arco abatido.

Protegido pelo Tombo Estadual segundo a lei n° 9.109 de 30 de julho de 1968.

Fonte: Secult
Jaqueline Aragão Cordeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*