Icó, a cidade dos sobrados

ruas-13

As terras entre as serras do Cafundó, Camará e às margens do Rio Salgado eram habitadas por diversas etnias tapuias, entres elas os icó, icozinho, janduí e quixelô.

Sua denominação original era “Arraial do Poço”, depois “Povoação do Salgado”, “Arraial da Senhora do Ó”, “Arraial Velho”, “Ribeira dos Icós”, “Arraial Novo”, “Arraial da Ribeira dos Icós”, “Icós” e, desde 1860, “Icó”. A origem do nome é uma alusão a uma tribo Tapuia, os “Icós” que habitava o território compreendido entre os Rio Jaguaribe e o Rio do Peixe.

002-ruas-7

A colonização das terras de Icó data do final do século XVII e início do século XVIII. Os primeiros colonizadores da cidade eram conhecidos como “os homens do (Rio) São Francisco”, que faziam parte de uma das frentes de ocupação do território cearense, a do “sertão-de-dentro”, dominada pelos baianos, que serviu para tentar ocupar todo o interior cearense.

047-igreja-n-sra-expectacao-25
Sobrado do Canela Preta e Igreja de Nossa Senhora da Expectação

A entrada de Bartolomeu Nabo Correia e mais 40 homens, chegou em 1683 e deu início à povoação conhecida como “Arraial Novo dos Icós”, a sua primeira fase. Numa segunda fase, famílias se instalaram através das sesmarias e assim surgiram dois povoados às margens do Rio Salgado: o “Icó de Baixo” e o “Icó de Cima”.

202-sobrado-mariinha-graca-18
Sobrado Mariinha Graça – Aqui nasceu Heráclito Graça

Ambos, povoados dominados pelos membros das famílias Fonseca e Monte, respectivamente. Devido às constantes inundações, o povoado que prevaleceu foi o “Icó de Cima”. Tanto na fase de descobrimento quanto na de assentamento, os conflitos com os indígenas foram constantes, até que a Igreja Católica interveio e conseguiu um tipo de pacificação.

226-ruas-29
No detalhe: Sobrado do Mirante

A povoação foi elevada a vila em 1738, a terceira vila do Ceará, logo após Aquiraz e Fortaleza. Em 1842, obteve a categoria de cidade. Devido a sua importância econômica, Icó foi uma das cidades que tiveram projetos urbanísticos planejados na corte, Lisboa.

ruas-1

Com a intensificação e o sucesso da indústria da carne-seca e do charque no Ceará, Icó destacou-se durante esta áurea época como um dos três centros comerciais e de serviços do estado, juntamente com Sobral e Aracati, devido a abundância de água, localização estratégica na rota das boiadas. A “Estrada Geral do Jaguaribe” escoava as boiadas entre as fazendas de gado do Sertão do Cariri ao porto e centro de salgagem da carne salgada de Aracati. A “Estrada das Boiadas” ou “Estrada dos Inhamuns” escoava o gado e os produtos entre a Paraíba e o Piauí.

casa-paroquial-1
Casa Paroquial

A partir do século XIX, com o final do Ciclo da Carne do Ceará, as plantações de algodão e café foram implementadas. Já na segunda metade deste a iluminação pública foi instalada. Mesmo assim, Icó enfrentou um processo de degradamento político e econômico devido ao crescimento da importância política do Crato e depois com a expansão da Estrada de Ferro de Baturité até a cidade do Crato em 1910, o que favoreceu o comércio de Iguatu.

ponte-2

O sitio arquitetônico de Icó é formado pelo perímetro urbano planejado pela Metrópole, na primeira metade do século XVII. Um projeto urbanístico com ruas bem traçadas e retas (delimitando quadras relativamente uniformes), praças bastante amplas, prédios públicos. O sítio nuclear situa-se entre as atuais ruas 7 de Setembro, Ilídio Sampaio e Benjamin Constant, fechando-se ao lado leste com a praça principal.

214-sobrado-nogueira-acioly-4
Sobrado onde nasceu Nogueira Acioly

Na primeira metade do século XX, Icó volta a ter importância devido ao projeto de combate às secas com o Açude Lima Campos e a BR-116.

Fonte: Wikipédia

Jaqueline Aragão Cordeiro

Veja também neste site

2 Replies to “Icó, a cidade dos sobrados”

  1. Nasci no Ico onde meu avô foi prefeito e foi assassinado.
    Eu tinha 10 anos. Não entendi nada.
    Parte de minha infância se foi no dia da morte do meu querido avô.
    Passei a vida com a intenção de perguntar ao assassino por que fez isso.

    • Infelizmente Newton, algumas pessoas cometem esses atos bárbaros e não conseguimos entender por mais que nos esforcemos. Espero que Deus possa acalmar seu coração. Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*